sábado, 17 de janeiro de 2015

Último dia de Marco Archer Cardoso Moreira no corredor da morte


Último voo de Marco Archer
Por João Cruzué

Hoje, à meia-noite (horário da Indonésia), foi morto por fuzilamento do instrutor de voo livre Marco Archer. Ele foi condenado à morte pelas autoridades judiciais da Indonésia por ter levado mais de 13 quilos de cocaína nos canos da estrutura de sua asa delta. Uma tia de Marcos disse que espera que"Deus" pudesse livrá-lo da execução da pena. Quero aproveitar esta assunto para falar deste assunto sob o ponto de vista da bondade e da justiça de Deus.

Quando Marco viajou para Jacarta com a cocaína escondida, sabia da existência da pena de morte por tráfico na Indonésia. E mesmo que ele não soubesse, a Lei daquele país continuaria em vigência do mesmo jeito. Se fosse pego, não seria solto porque não tinha conhecimento da legislação. Se não soubesse, deveria saber. Imagino que o lucro do negócio, compensaria o risco. Porém, haveria a possibilidade de ser preso e, depois de julgado, ser fuzilado por pela transgressão.

Além da Presidente Dilma, outras autoridades brasileiras e mundiais intercederam diretamente junto ao Governo da Indonésia. Lá, tanto quanto aqui, não se pode passar por cima de uma decisão do judiciário, que por sua vez, seguiu estritamente a tecnicidade da lei aprovada pelo Legislativo e sancionada pelo Executivo. Só em casos específicos, haveria a possibilidade de uma anistia da pena.

Provavelmente, daqui a algumas horas Marco estará morto.

No plano espiritual, este acontecimento também pode ser muito esclarecedor. A palavra de Deus diz que a alma que pecar, esta morrerá. É uma Lei espiritual, chamada Lei do Pecado e da Morte. A Bíblia diz que depois que o pecado entrou no mundo, como um vírus de computador, ele atingiu e continuou infectando toda a humanidade. Paliativas eram tomados, mais a única medida corretiva era o sacrifício de um justo (JESUS CRISTO) o filho unigênito de Deus. O sangue de Jesus Cristo, derramado na cruz do calvário é o antivírus certeiro que liquida com o pecado e sua capacidade destruidora. Ninguém é obrigado a crer nisto, mas é assim que funciona.

Marco não acreditava que poderia perder a vida levando cocaína para a Indonésia. Marco vai perder a vida física, a Palavra de Deus, que está na Bíblia Sagrada, diz que além do corpo, nós temos uma alma imortal. A morte física separa o falecido do convívio dos viventes. A morte espiritual separa o homem de Deus. As leis estão na Bíblia, existe um grave risco, mas a humanidade não está nem aí, achando que Deus não existe, que o pecado é um engodo religioso e que a condenação do inferno é conversa fiada. Marco também achava isto.

O pecado é a transgressão da Lei de Deus. Assim como um computador não consegue se livrar de um vírus sozinho, um pecador não consegue ser salvo por suas obras. Quando Deus viu que o pecado entrou no mundo, Ele concebeu um plano de resgate, que nós chamamos de Plano da Salvação. Ele decidiu fazer isto pela GRAÇA. Graça significa o abaixar de Deus até o mundo pecador para salvar os perdidos, que estavam condenados à morte. Assim, ele providenciou a cura para o pecado, enviando seu único filho para receber em si a condenação do pecado de toda humanidade. Isto foi necessário, pois o preço do resgate era muito alto e a humanidade inteira não poderia pagar.

Jesus veio, mesmo sendo justo foi condenado. Não foi um fracasso do plano, mas o cumprimento exato dele. Quando Jesus morreu, ele derramou sangue durante a crucificação. Este sangue, no plano espiritual, é o agente que apaga o pecado e tira o desejo de pecar. Para receber este benefício, o homem e a mulher precisam aceitar em seu coração o Senhor Jesus Cristo. Depois que receber o Senhor Jesus em seu coração, haverá perdão para suas culpas e seus nomes serão escritos no Livro da Vida.

Assim como existem Leis duras contra o tráfico de drogas na Indonésia, também existem Leis divinas que regem a Física, a Química e Vida Espiritual. Não importa se você acredita ou não. Não importa se queira saber ou não. Haverá um juízo no futuro, e todos comparecerão diante de Deus para receber a recompensa ou o castigo dos atos praticas durante os dias de vida. A vida eterna ou o castigo eterno no inferno.

Deus não vai passar por cima de suas Leis para quebrar o galho dos pecadores. Deus é bom; é tão bom porque já executou seu plano da salvação, enviando Jesus para pagar pelos pecados de cada pessoa deste mundo. A porta desta salvação é Jesus Cristo; ninguém é salvo se não aceitar o perdão e o senhorio de Cristo. Depois da morte física, a o Dia do Juízo; dia de prestação de contas de cada um. Neste dia, não haverá mais recurso para o pecado. O perdão só pode ser recebido em vida, desde que requerido pelo pecador.

A última esperança de Marco é um perdão incondicional neste domingo. Ele está na prisão por este crime há 11 anos. Tenho certeza que já se arrependeu do ato que praticou. Sinceramente, torço para que há uma remissão de sua pena, e que ele não seja fuzilado amanhã. O tempo do arrependimento de Marco passou, ele deveria ter desistido de levar a cocaína  antes de viajar para a Indonésia.

Assim também, se você passar para a eternidade praticando o pecado, quando sua alma for prestar contas a Deus, e ele procurar seu nome no Livro da Vida, e não o encontrar, ainda que ser arrependa como o rico da parábola do Rico e do Lázaro, não haverá mais recurso e nem perdão.

Se você  ainda não tem seu nome escrito no Livro da Vida de Deus,  arrependa-se dos seus pecados, aceite Jesus em uma Igreja Evangélica, para ter o direito da inscrição do seu nome.












Um comentário:

Josiel Dias disse...

Olá meus amigos, como é maravilhoso encontrar sites com este seu. Parabéns pelo belo trabalho, já estou seguindo.
Aproveitando a oportunidade gostaria de compartilhar com você nosso
blog. Ficaremos felizes por vossa visita e mais ainda se seguir-nos.

AGUARDAMOS SUA VISITA

Atenciosamente

Josiel Dias
http://josiel-dias.blogspot.com
Rio de Janeiro