domingo, 16 de dezembro de 2012

SAMMIS REACHERS CONQUISTOU O PRÊMIO BLOGUEIRO CRISTÃO 2012



Premio Blogueiro Cristao
João Cruzué

Academia Brasileira de Blogueiros Evangelicos, tem o prazer de comunicar a todos os amigos e irmãos da Blogosfera Evangélica que o Blogueiro SAMIS REACHERS, editor dos blogs:



EQUATORIA - http://equattoria.blogspot.com.br/

VEREDAS MISSIONÁRIAS - http://veredasmissionarias.blogspot.com.br/

ARSENAL DO CRENTE - http://arsenaldocrente.blogspot.com.br/

CIDADANIA EVANGÉLICA - http://cidadaniaevangelica.blogspot.com.br/

BRADANTE -   http://bradante.blogspot.com.br/

POESIA EVANGÉLICA - http://poesiaevanglica.blogspot.com.br/

CONFEITARIA CRISTÃ - http://confeitariacrista.blogspot.com.br/

AZUL CAUDAL - http://azulcaudal.blogspot.com.br/



Foi agraciado com o PRÊMIO BLOGUEIRO CRISTÃO 2012.  Pesou na escolha a dedicação de muitos anos, o conteúdo cristão,  os objetivos, a qualidade e o bom relacionamento social do Blogueiro com a comunidade.

sábado, 15 de dezembro de 2012

A Rede Globo se rende ao Gospel - Festival Promessas 2012

.
Festival Promessas 2012

João Cruzué

Quem foi ao Campo de Marte  na tarde de sábado, passado, dia 08 de dezembro 2012, para participar do Festival Gospel "Promessas 2012" promovido pela Rede Blog de Televisão, além de enfrentar um "calorão", correu sério risco de tomar um grande banho de chuva. Sim, daquelas chuvas torrenciais que costumam cair na Cidade de São Paulo, depois das quatro da tarde.

Mas graças a Deus não choveu, para alegria de mais de 100 mil fiéis que por lá comparaceu. E quem levou guarda-chuva não pode entrar com ele por questões de segurança. Imaginaram que se algum fiel ficasse muito alegre, poderia, eventualmente dar uma guardachuvada no próximo. Não houve divulgação nem incentivo para ir ao evento por parte dos maiores ministérios da Assembleia de Deus da Grande São Paulo.

E hoje, sábado, 15 de dezembro 2012, eu estava escrevendo minhas coisas na sala quando começou passar na TV Globo o Festival Promessas. Na TV o tempo foi muito curto. Muita coisa foi editada. Teve gente que reclamou que não mostraram pouco o André e muito do Thales - que já foi do Jota Quest.


No site da Rede Globo, conferi agora, não tem nenhuma foto nem mesmo uma manchete de chamada do assunto.  Para encontrar,  eu precisei clicar no link programação de sábado. Muito escondido. Para mim foi uma atitude de vergonha. A Globo ainda tem vergonha dos evangélicos.


 A Rede Globo promoveu sábado passado - 08.12.2012, o Festival Gospel Promessas. Pela primeira vez em São Paulo, o festival reuniu  100 mil pessoas no Campo de Marte, para cantar durante 05 horas.  

A primeira apresentação foi de André Valadão, às 17h30. Em seguida se apresentaram: Cassiane, Aline Barros, Fernandinho, Thalles e Diante do Trono.  

O evento, resumido a uma hora de duração,  foi editado e transmitido na TV Globo, hoje, sábado - 15.12.2012. Assisti pessoalmente toda transmissão. Vi a participação da Cassiane, André Valadão, Thales, Fernandinho, Aline Barros e Ana Paula Valadão. Gostei mais da apresentação da Aline Barros.

Um fato me surpreendeu no festival. Apesar do calor terrível que estava fazendo no Campo de Marte, olhando as cenas transmitidas não conseguir ver nenhum participante sem camisa. A quantidade de crentes no Campo de Marte ultrapassou de longe as plateias dos shows de Lady Gaga,  Madona, Andrea Bocelli...

E quem eram os artistas que levaram 100 mil pessoas no Campo de Marte? Meia dúzia de cantores crentes, MAS, que apesar de quase desconhecidos da maioria da sociedade, vendem tranquilamente mais música que qualquer cantor de música secular. Só o grupo Diante do Trono vendeu, de 1997 para cá, mais 10 milhões de cópias de CDs/DVDs. Se não houvesse tanta pirataria no Brasil, creio que  estes números dobrariam.

Notei duas ausências. O ano passado a editora Central Gospel do Pastor Silas Malafaia apareceu com sua publicidade na transmissão do Evento. Neste ano não vi a Central Gospel nem o cantor Jota A, a meu ver uma das grandes ausências no evento.

Creio, que da mesma forma que a Rede Globo ainda tem vergonha de ser gospel, as maiores lideranças evangélicas também ainda não se esqueceram do preconceito "global" fartamente documentado pelos papeis ridículos atribuídos a personagens crentes em suas novelas.

Por outro lado, não deixa de ser uma vitória evangélica. Não são os evangélicos que precisam da Rede Globo.  É a Rede que precisa dos crentes para garantir seu faturamento. Os evangélicos são, hoje, 1/4 da população brasileira em 2012. Em 2020 serão 1/3, cerca de 70 milhões, crescendo naturalmente e sem pressa à mesma taxa anual de 4,9% dos últimos 70 anos. E chegamos até aqui debaixo do preconceito da família Marinho. 

Por fim, quero dizer que a música e os músicos evangélicos evoluíram muito em qualidade no Brasil. Vendem tanto quanto os melhores artistas seculares. Seu crescimento e  sucesso  foram tantos, que chamou a atenção da maior rede de televisão do país.




sábado, 1 de dezembro de 2012

PRÊMIO BLOGUEIRO CRISTÃO, EDIÇÃO 2012

,
Premio Blogueiro Cristao 2012
Joao Batista Cruzue

A Academia Brasileira de Blogueiros Evangélicos, tem o prazer de anunciar que vai escolher e condecorar, em dezembro, o blogueiro/blogueira que mais se destacou neste ano com o Prêmio Blogueiro Cristão, edição 2012.

Caros leitores e amigos do Blog Olhar Cristão, por favor, façam duas indicações para cruzue@gmaill.com. Sua participação vai ao encontro de nossa iniciativa de incentivar  a publicação de conteúdo cristão de qualidade na Internet.

Premiados nas edições anteriores:


Abraço do irmão João

cruzue@gmail.com




domingo, 25 de novembro de 2012

Texto do dscurso de posse do Ministro Joaquim Barbosa na Presidência do STF




"O judiciário que aspiramos a ter
é um judiciário é sem firulas, sem floreios, sem rapapés"


.Foto: Carlos Humberto SCO/STF
O Ministro Joaquim Barbosa,  recebe os cumprimentos do Ministro Carlos Levandowski

Autor: Ministro Joaquim Barbosa/Presidente do STF

Compilado do Youtube por João Cruzué*

"Excelentíssima Senhora Presidente Dilma Roussef, em nome de quem cumprimento todas as autoridades aqui presentes.    Excelentíssimos Senhores Ministros do Supremo Tribunal Federal. Minhas senhoras, meus senhores.

O Brasil é um país em franca e constante evolução. Um olhar retrospectivo e generoso sobre o nosso pacto sócio-político e sobre a nossa história como nação nas últimas cinco ou seis décadas, revelará sem dúvida  a trajetória vitoriosa de um povo que soube desvencilhar-se da nada confortável posição de quase pária no concerto das nações livres.

Esta posição, evidentemente, decorrente das graves iniquidades pelas quais éramos caracterizados. E passou a ingressar no seleto grupo das nações respeitáveis cujas instituições políticas podem sem a menor sombra de dúvida servir de modelo a diversos Estados cuja institucionalidade ainda está em vias de construção.

Embora todos nós estejamos frequentemente prontos  a exercer o nosso sagrado direito de crítica quanto ao funcionamento dessa ou daquela engrenagem estatal, que as vezes teimam em expor as suas mazelas e as suas debilidades intrínsecas, hoje, pode-se dizer que temos instituições sólidas submetidas cada vez mais a observação e ao escrutínio atento da sociedade, de outras nações e da comunidade jurídica internacional.

Tudo isto é extremamente positivo e não temos porque nos queixar, sobretudo se comparar o estado atual de nossa institucionalidade com aquela que tínhamos cinco  décadas atrás. Não se pode falar em instituições sólidas sem o elemento humano que as impulsiona. Uma vez que estamos em uma casa de justiça, tomemos como objeto de reflexão o homem, o homem magistrado.

O bom magistrado é aquele que tem plena e total consciência de seus limites e das limitações que lhe são impostas pela sua condição funcional. Não basta ter uma boa formação técnica, humanística e forte apego a valores éticos, que em realidade devem ser guias comportamentais de qualquer agente estatal e mesmo de agentes privados.

O juiz deve ter presente o caráter necessariamente laico da missão constitucional, da missão constitucional que lhe é confiada, e velar para que a suas convicções e crenças mais intimas não contaminem a sua atividade, que é uma das mais relevantes para o convívio social, além de fator de fundamental importância para o bom funcionamento de uma economia moderna e de sociedade dinâmica,  inclusiva e aberta a toda e qualquer mudança  que traga melhorias para vida de todas as pessoas.

Pertence definitivamente ao passado a figura do juiz que se mantém distante e indiferente, para não dizer inteiramente alheio aos valores fundamentais e aos anseios da sociedade  na qual ele esta inserido. Se é certo que a noção de liberdade comumente aceita entre nós  impede que  se exija do juiz a adesão cega a   todo e qualquer clamor da comunidade a que serve, mais certo ainda é o fato que  no exercício da sua missão constitucional o juiz deve, sim, sopesar e ter na devida conta os valores mais caros à sociedade na qual ele opera. Em outras palavras, O juiz é um produto do seu meio e do seu tempo. Nada mais ultrapassado e indesejável do que aquele modelo de juiz isolado, fechado,  como se estivesse encerrado em uma torre de marfim.

Evidentemente, depois de abordar  nestas rápidas  palavras   a figura do juiz. Penso que é imperioso emitir umas poucas palavras sobre a instituição que os congrega – a Justiça, o mais precisamente o poder judiciário, já que essa instituição estatal simboliza um dos poderes da república.

A justiça por si só e só para si não existe. Só existe na forma e na medida em que os homens a querem e a concebem. A justiça é humana, histórica.  Não há justiça sem leis nem sem cultura. A justiça é alimento ínsito ao convívio social, daí porque a noção de justiça é indissociável da noção de igualdade. Vale dizer, a igualdade material de direitos, sejam eles direitos juridicamente estabelecidos ou direitos moralmente exigidos.  

Em outras palavras, quando se associam justiça e igualdade,  emerge na sua inteireza o cidadão reivindicar o mais sagrado dentre os seus direitos, qual seja, o direito de ser tratado  de forma igual, de receber igual consideração, a mesma que é conferida ao cidadão "A" ou ao cidadão "C" ou "B".

------------------------------------------------------------------
"O judiciário que aspiramos a ter 

é um judiciário é sem firulas, sem floreios, sem rapapés"
--------------------------------------------------------------------  
 
 A falácia sobre o direito à igualdade, sobre os direitos à igual consideração, é preciso ter a honestidade intelectual para reconhecer que há um grande déficit de justiça entre nós. Nem todos os brasileiros são tratados com igual consideração quando buscam o serviço público da justiça. Ao invés de se conferir ao que busca a restauração dos seus direitos,  o mesmo  tratamento, a mesma consideração que é dada  a uns poucos,  o que se vê aqui e acolá, não   sempre - é claro, mas às vezes sim, é o tratamento privilegiado, o bypass a preferência desprovida de qualquer fundamentação racional.  Gastam bilhões de reais anualmente para que tenhamos um bom funcionamento da máquina judiciário. Porém é importante que se diga,  o judiciário que aspiramos a ter é um judiciário é sem firulas, sem floreios, sem rapapés, pelo menos na minha concepção.

O que buscamos é um judiciário célere, efetivo e justo. De nada valem as edificações suntuosas, os sofisticados sistemas de comunicação e informação se naquilo que é essencial a justiça falha. Falha porque é prestada tardiamente, e não raro, porque presta um serviço que não é imediatamente fruível por aquele que o buscou. Necessitamos com urgência de um maior aprimoramento da prestação jurisdicional, especialmente no sentido tornar efetivo princípio constitucional da razoável duração do processo.

Esta razoável duração do processo, se não observada em todos os quadrantes do judiciário nacional, suscitará em breve o espantalho capaz de afugentar os investimentos produtivos de que tanto necessita a economia nacional.  O griplock econômico resultante da ineficácia da dos mecanismos de solução rápida dos conflitos de natureza econômica é o tipo de entrave que nós pessoas portadoras de grande responsabilidade devemos a todo custo evitar.  E  nesse ponto, a responsabilidade que recai sobre o judiciário não é nada desprezível.

E o que é razoável duração do processo?  Apenas para ser ilustrativo, permito-me dizer o que não é:
-Não são os processos que se acumulam nos escaninhos das salas dos magistrados;
-Não é a pretensão de milhões que se arrastam por dezenas de anos.
-Não é a miríade de recursos  de que se valem aqueles que não querem ver o deslinde da causa deslinde da causa;
-Não são, em absoluto, os quatros graus  de jurisdição que o nosso ordenamento jurídico permite;
-Justiça que falha e que não tem compromisso com a sua eficácia, é justiça que impacta direta e negativamente sobre a vida do cidadão.

Por fim, eu gostaria de arrematar esta breve exposição com umas poucas palavras sobre um personagem chave para toda e qualquer tentativa que se queira implementar no nosso país na esfera do Poder Judiciário. Falo da figura do juiz, esta figura tão esquecida, às vezes. É preciso reforçar a independência Juiz. Afastá-lo desde o ingresso na carreira das múltiplas e nocivas influências que podem paulatinamente lhe minar a independência. Essas más influências podem se manifestar tanto a partir própria hierarquia interna a que o jovem juiz se vê submetido, quanto dos laços políticos de que  ele pode às vezes se tornar tributário na natural e humana busca por ascensão funcional e profissional. Nada justifica, a meu sentir, a pouco a edificante busca de apoio para uma singela promoção do juiz do primeiro ao segundo grau de jurisdição. O juiz, bem como os membros de outras carreiras importantes do estado, deve saber de antemão quais são as suas reais perspectivas de progressão, e não buscar obtê-las por meio da  aproximação ao poder político dominante no momento.

O poder judiciário passa por grandes transformações e por uma inserção sem precedentes na vida institucional brasileira, como bem salientou ainda há pouco o ilustre Presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil. Nesta casa, e nos demais tribunais deste país, são discutidas cada vez mais as cada vez mais centrais questões de interesse da vida do cidadão comum brasileiro. Isso é muito bom, é muito positivo.

Antes de encerrar, eu não poderia deixar de mencionar umas poucas palavras a algumas pessoas queridas que se fazem aqui presentes. Em primeiro lugar a minha querida mãezinha, senhora Benedita da Silva Gomes [muitas palmas]. Ao meu querido filho, Felipe Barbosa Gomes, aos meus irmãos Gualberto, Efigênia, Elda, Edna, Aparecida, todos os que aqui se encontram presentes.

Aos meus queridos amigos estrangeiros que se deram o trabalho de se deslocar de suas ocupações habituais para vir ao Brasil me prestar esta homenagem, prestigiar esta minha investidura [nomes]
Agradeço a honrosa presença de todos."



* Ainda não permitida a cópia. Afinal, tomei mais de três horas para compilar e conferir o texto.



sábado, 17 de novembro de 2012

Estimativa da população evangélica e brasileira m 2020


 João Cruzué

O Censo IBGE 2010  mostrou que a população evangélica cresceu a uma taxa média real de 4,91%  no período de 10 anos.  Só para se ter uma ideia do que isto significa,  a taxa média de crescimento da população brasileira no mesmo período foi de 1,18%. Usando os dados compilados no quadro abaixo, quero deixar registrado minhas perspectivas para uso e crítica dos estudiosos da matéria.

Mapa Evangelicos
Os dados das populações são do IBGE
Minhas perspectivas mostram o seguinte quadro para 2020: A taxa de crescimento da população brasileira entre 1991 e 2000 foi de 15,63%. Caiu no Censo IBGE 2010 para 12,47%. Considerando a possibilidade de que esta queda vá se manter,  em 2020 a população brasileira terá crescido 10,0% e seremos 210 milhões de habitantes.

Os evangélicos cresceram 98,53% no período 1991-2000, sendo 26,1 milhões de crentes. No período seguinte cresceram menos, voltando às taxas de crescimento habituais. Cresceram 61,45% em 10 anos e no censo do IBGE 2010 eram 42,3 milhões. Minhas estimativas apontam para uma população de 68 milhões de evangélicos em 2020, com a manutenção da mesma taxa de crescimento anual de 4,91% - "ceteris paribus".

Portanto, em 2020, a razão ESTIMADA entre a população evangélica de 68 milhões e a população brasileira de 210 milhões estará em torno de 32,38%, ou seja, quase um terço da população brasileira será evangélica.



Porque a TV Globo corre atrás dos Evangélicos

.

João Cruzue

Foi uma boa surpresa. Eu tinha acabado de tomar café com minha esposa, hoje pela manhã, quando voltei à sala, depois de ter visto parte do programa do Pr. Josué Gonçalves na Rede TV.  Estava passando um desenho animado sobre a vida de Moisés. Cheguei bem na parte em que a voz de El Shadai, vindo de uma sarça ardente, ordenava que Moisés tirasse as sandálias dos pés.

E Deus começava a convencer Moisés a voltar ao Egito para libertar o povo de Israel. Inclusive, no desenho, Deus fazia Moisés ouvir os estalos dos chicotes e os gritos de dor dos açoitados. Imaginei que estivesse vendo um "desenhinho" na Rede do Bispo Macedo; talvez, no SBT...

Quando parei, e olhei o logotipo da rede naquele cantinho inferior direito, veio a surpresa: era o logo da Rede Globo. Então eu comecei a pensar algumas coisas.

Decididamente a direção das organizações Globo resolveu "agradar" os evangélicos. Ou, sendo mais pragmático, não continuar desprezando os crentes. Os motivos devem com certeza começar pelo aspecto financeiro, uma vez que a maioria dos Irmãos ascendeu ou pertence à classe média.

Minhas estimativas (conservadoras) dizem que os evangélicos serão 25% da população  brasileira até 2015. Sendo a maioria da classe média, em termos de poder aquisitivo devem representar uma grande fatia do mercado consumidor para os produtos populares que financiam as novelas brasileiras.

A Globo não se tornou evangélica,  apenas mudou sua política estratégica em relação aos crentes por causa do que está em seus bolsos.  O aumento do faturamento da Rede depende dos evangélicos. 

Por exemplo: quando uma empresa de cosméticos adquire a cota principal de custeio de uma novela, (L'Oreal) advinha quem vai ao supermercado e compra aquele shampoo, creme ou sabonete insistentemente divulgado nas vinhetas dos intervalos comerciais? São os "consumidores" de novelas - cada vez mais no gosto dos crentes. Eles são potenciais consumidores de produtos populares, produtos de massa. Marcas de celulares, cosméticos, Bancos de varejo, remédios para dores de cabeça... Muito provavelmente, estas marcas populares estejam penetrando com mais facilidade agora nos lares evangélicos, pela porta das novelas.

O fascínio repentino da Globo pela cultura (música)  e eventos (divulgação de marchas e cruzadas) evangélicos não outra coisa senão uma forma de atrair o bolso dos consumidores crentes. Antes, uma meia dúzia de gatos pingados, hoje 43 milhões e um terço da população brasileira em 2020.  Parafraseando o slogam da campanha de Bill Cliton na campanha à Casa Branca contra George Bush (pai) nas eleições de 1992: É o mercado, estupido!

Outra razão para a aproximação da família Marinho com os evangélicos é sua concorrência com a Rede Record. Se o Bispo Macedo optou por fazer benchmarking com as novelas da Globo, a família Marinho decidiu contratacar na área religiosa do Bispo. Daí, veio o desenho animado do Êxodus que vi  parte, hoje sábado 17.11.2012, pela manhã. Concorrência comercial.  Tenho certeza que é tempo não muito distante, veremos um programa evangélico mensal na Rede Globo. É mais que sabido nos tempos atuais que em matéria de música a cultura evangélica (principalmente assembleana) é um verdadeiro manancial de talentos.  Os melhores calouros do programa do Raul Gil são, principalmente, evangélicos.

Para fazer concorrência à RECORD, por outro lado, o público alvo precisa ter um potencial de renda substancial. A Globo descobriu recentemente que os evangélicos têm. E este potencial cresceu a uma taxa média real de 4,91% ao ano nos últimos 10 anos... Só para se ter uma ideia,  a taxa média de crescimento da população brasileira no mesmo período foi de 1,18%.

Mapa Evangelicos
Os dados das populações são do IBGE
Minhas perspectivas mostram o seguinte quadro para 2020: A taxa de crescimento da população brasileira entre 1991 e 2000 foi de 15,63%. Caiu no Censo 2010 para 12,47%. Considerando a possibilidade de que esta queda vá se manter,  em 2020 a população brasileira terá crescido 10,0% e seremos 210 milhões de habitantes. Dados extraídos dos Censos do IBGE do quadro acima.

Os evangélicos cresceram 98,53% no período 1991-2000 sendo 26,1 milhões de crentes. No período seguinte cresceram menos, voltando às taxas de crescimento habituais. Cresceram 61,45 em 10 anos, e no censo do IBGE 2010 eram 42,3 milhões. Minhas perspectivas apontam para uma população de 68 milhões de evangélicos em 2020, com a manutenção da mesma taxa de crescimento anual de 4,91%.  

Portanto, em 2020, a razão ESTIMADA entre a população evangélica de 68 milhões, e uma população brasileira de 210 milhões, estará em torno de 32,38%, ou seja, quase um terço da população brasileira será evangélica.

E, considerando que um terço do mercado consumidor brasileiro será constituído de evangélicos até 2020, não restou outra alternativa às Organizações Globo senão mudar sua antiga  política de DESPREZO e PRECONCEITO para  RESPEITO e "INTERESSE" à cultura dos crentes. Isto nada tem a ver, sejamos francos,  com os belos hinos cantados pela Ana Paula Valadão.






sexta-feira, 16 de novembro de 2012

Frases para o Dia da Consciência Negra 2012


Homenagem ao dia 20 de novembro de 2012

FRASES DO PASTOR MARTIN LUTHER KING
Prêmio Nobel da Paz 1964

Martin Luther King
Tradução de João Cruzué

"No começo eu planejei ser um Físico; depois, eu mudei minha atenção para a carreira de Direito. Mas quando passei nos estágios preparatórios para estas duas carreiras, ainda sentia dentro de mim aquele impulso imortal de servir a Deus e à humanidade, através do ministério pastoral. 

Durante o último ano da faculdade, eu finalmente decidi aceitar o desafio de entrar para o Ministério. Eu tinha conseguido ver que Deus havia colocado uma responsabilidade sobre os meus ombros, e quanto mais eu tentava escapar, mais frustrado  me tornaria." 


FRASES DO PRESIDENTE BARACK OBAMA
Prêmio Nobel da Paz 2009

Barack Hussein Obama
Tradução de João Cruzué

"A mudança não virá se esperarmos por outra pessoa ou outros tempos. Nós somos aqueles por quem estávamos esperando. Nós somos a mudança que procuramos."

"A América e o Islã não são excludentes e não precisam viver como competidores. Em vez disso, podem ir além e compartilhar princípios comuns da justiça e do progresso, de tolerância e dignidade, a todos seres humanos."

"Eu creio que o casamento deve ser entre um homem e uma mulher. Eu não sou a favor do casamento gay. Mas quando você começa a jogar com a constituição, apenas para proibir alguém que se importa com outra pessoa, isto para mim não é algo que o país deva se  preocupar. Usualmente, nossas constituições expandem as liberdades em lugar de contraí-las."




FRASES DO ATIVISTA NELSON MANDELA
Prêmio Nobel da Paz 1993

Nelson Mandela
Tradução de João Cruzué


Ressentimento é como beber veneno e depois esperar que ele vá matar seus inimigos.


A grande glória do viver não está em nunca cair, mas em nos  levantar a cada vez caímos.

Lidere de trás, e deixe  os outros acreditarem que estão à frente.

Educação é a mais poderosa arma que você pode usar para mudar o mundo.

Eu aprendi que coragem não é a ausência de medo, mas o triunfo sobre ele. O homem bravo não é aquele que não sente o temor, mas aquele que  domina o medo .

Uma boa cabeça e um bom coração sempre são uma formidável combinação. Mas quando você junta os dois a uma língua bem falada ou a uma caneta, então você tem algo muito especial.

Tudo sempre parece impossível, até ser feito.

Não me julgue pelos meus êxitos, julgue-me por quantas vezes eu caí e me pus de pé outra vez.


Onde você fica depende do lugar aonde vá se sentar.









.

sexta-feira, 27 de julho de 2012

Missionários John e Elizabeth Price, uma história de amor pelo Brasil



''Aleluia!
Como é feliz o homem que teme o Senhor 
e tem grande prazer em seus mandamentos!
Seus descendentes serão poderosos na terra,
 serão uma geração abençoada, 
de homens íntegros.''
Salmos 112:1-2


Missionários John e Elizabeth Price

A partir do século XIX, o Brasil começa a ser o campo de trabalho de missionários protestantes vindos da América e da Europa. Conheça a linda história de um desses casais missionários que foram pioneiros do Evangelho no Brasil: Rev. Dr. John Price e Elizabeth Price e os frutos que deixaram em sua descendência. Leia a seguir essa impactante história. 

Desde a primeira década do século XIX, os missionários protestantes, de diversas tradições, chegaram e se estabeleceram no Brasil. Esses desbravadores do Evangelho de Cristo semearam nos quatro cantos da nação brasileira e investiram as suas vidas para que o Brasil hoje pudesse ser um celeiro missionário para o mundo inteiro. 

Todavia, eles não foram os primeiros protestantes que chegaram no Brasil, pois nos séculos XVI e XVII, de formas pontuais aqui estiveram cristãos protestantes oriundos da França (Huguenotes) e da Holanda  (Reformados). A partir do século XIX, porém, alcançariam uma permanência definitiva em terras brasileiras. 

As primeiras organizações protestantes que atuaram junto aos brasileiros foram as sociedades bíblicas: Britânica e Estrangeira (1804) e Americana (1816). O binômio “evangelizar e educar” caracterizava a estratégia missionária dos protestantes que se instalaram no Brasil durante o século XIX. 

A partir desse momento histórico, o Brasil passa a ser transformado e profundas mudanças ocorrem na história do país. Hoje, segundo dados do censo demográfico do IBGE (2010), os evangélicos já somam mais de 42,3 milhões de fiéis ou 22,2% da população brasileira. Ainda hoje somos testemunhas oculares desse mover do Espírito de Deus sobre a nação e que se deve em grande parte ao sacrifício e dedicação dos pioneiros do Evangelho que investiram suas vidas em favor da evangelização desse país.

Um dos pioneiros do Evangelho na nação brasileira foi o casal de missionários Rev. Dr. John Watkin Price e Elizabeth Wittmann Price. Eles chegaram no Rio de Janeiro em 25 maio de 1896, a bordo do Navio “Coleridge” vindo do Brooklyn em Nova Iorque, enviados pela Igreja Metodista Episcopal dos Estados Unidos da América. A partir dessa data uma grande obra missionária se iniciava em solo brasileiro. O casal de missionários norte-americanos durante mais de 35 anos investiu suas vidas em favor da causa do Evangelho no Brasil, deixando um legado espiritual imensurável para as gerações futuras. 

Segundo  artigo “O Apóstolo” publicado no jornal de Porto Alegre (RS) em Janeiro de 1939 escrito pelo Rev. A.M.Ungaretti, o médico Rev. Dr. John Price destacou-se como um missionário de grande envergadura em sua época. Ele e sua esposa pastorearam e fundaram várias igrejas locais  nos estados do Rio Grande do Sul , Mato Grosso e Mato Grosso do Sul,  destacando-se as igrejas de Porto Alegre, Santa Maria, Cruz Alta, São Lucas e Rio da Prata. 

Como missionário e evangelista, trabalhou com sua esposa em diversos outros projetos sociais no Brasil tendo fundado também escolas e hospitais, deixando profundas marcas espirituais por onde viajavam. Outro admirador e cooperador do Rev. John Price, João P. Flores, descreve em sua biografia um artigo dedicado ao casal de desbravadores publicado no Jornal “Expositor Cristão” de 1938, dizendo: “Aqui no Brasil muitos serão os corações que se lembrarão do agradável casal que deixa uma rica herança entre nós. 

O casal Price dedicou mais de 35 anos de suas vidas na obra de Deus em nosso favor.” O missionário Rev. John Price era um homem de ferro e não media esforços para o bem da causa do Evangelho. Ele viajava montado a cavalo e não se importava com o inverno, nem com o calor sufocante nos dias de verão. Ele e sua esposa eram uma só carne e aspiravam o mesmo objetivo: a expansão do Reino de Deus. 

Em muitas ocasiões, o casal de missionários se sacrificava e investia seus  próprios recursos para sustentar as ações sociais e a manutenção das escolas nas cidades onde  plantavam igrejas. A perseguição e hostilidade ao protestantismo eram notória naquela época. Em algumas cidades os comerciantes eram orientados pelos líderes religiosos locais a não venderem alimentos para o casal, nem tão pouco podiam se comunicar com eles. 

Mas, o chamado de Deus em suas vidas falava mais alto. O casal Price prosseguiu incansavelmente na obra evangelizadora, inclusive na zona colonial e encerraram seu ministério em solo brasileiro na cidade de Porto Alegre (RS) após 35 anos de ininterrupta obra missionária na nação que escolheram para amar e servir.   


Eu e minha casa serviremos ao Senhor
Josué 24.15


Aprouve ao Senhor Deus em sua presciência na genealogia do casal de missionários reascender no século XXI a chama sacerdotal e missionária na família Price. Hoje, o bisneto do casal missionário, Pastor Mauricio Price juntamente com sua esposa, Cristina Price, servem no Ministério Cristão e prosseguem com a obra evangelística de seus antecessores e referenciais.  

Com o mesmo espírito missionário e empreendedor de seus bisavós, desejam contribuir com a expansão do Reino de Deus. Ao longo de sua vida, o Pr. Mauricio Price  tem se dedicado integralmente em favor da Causa da Bíblia no RJ e no Brasil, bem como ao pleno exercício do Sacerdócio Pastoral e da Medicina. 

Foi batizado em águas, em outubro de 1992 no Rio Jordão em Israel e ordenado ao Ministério da Palavra no dia 21 de Maio de 2006.  Como Presidente do Diretório Estadual no RJ e Conselheiro Nacional da Sociedade Bíblica do Brasil(SBB) e Membro da Academia Evangélica de Letras do Brasil serve também no ministério cristão universitário desde 1997, tendo idealizado a Capelania Evangélica Universitária (CEU) na Universidade do Estado do Rio de Janeiro (UERJ), movimento cristão universitário, onde atua com o segmento jovem fluminense. 

É Ministro do Evangelho filiado a CEADER da Convenção Geral das Assembléias de Deus do Brasil (CGADB). Em sua trajetória profissional, o Pr. Price, seguindo a formação de seu ascendente, graduou-se em Medicina na Universidade do Estado do Rio de Janeiro(UERJ) em 2002 tendo ingressado no mesmo ano nas fileiras da Marinha do Brasil como Oficial Médico do Corpo de Saúde(CSM), obtendo o segundo lugar geral de sua turma. 

Como pastor e como médico militante, o Pr. Price, seguindo o exemplo deixado por seus bisavós, juntamente com toda sua família tem  adotado como lema de sua vida,  o que está escrito no livro de Josué 24.15:“ Eu e minha casa serviremos ao Senhor”. 

Em sua mensagem de gratidão pela homenagem ao receber a Medalha Pedro Ernesto na solenidade de comemoração do “Dia da Reforma Protestante” na Câmara Municipal do Rio de Janeiro, o jovem pastor finalizou dizendo: 

“Sou simplesmente fruto da fidelidade e da abnegação de meus bisavós que amaram esse país em favor da expansão do Evangelho. Louvo ao Senhor pela vida deles e pelo exemplo que são para mim e toda a minha família. Tal como meu bisavô, minha vida tem sido uma jornada de dedicação, esforço e serviços prestados em favor do Evangelho e da Pátria. Dou graças a Deus por tudo o que Ele tem feito em minha vida, família e ministério. Deus é fiel! Creio que serviço a Igreja do Senhor e ao Senhor da Igreja é o maior privilégio que um homem pode alcançar nessa vida. A Deus seja dada toda a honra e glória!” 






terça-feira, 24 de julho de 2012

Como começar um blog evangélico


Blogando de graça para todo mundo


Dicas de João Batista  Cruzué
Da Associação de Blogueiros Cristãos


Olá! A paz de Cristo.

Se você estiver procurando por dicas para começar um blog, de forma gratuita, veio ao lugar certo. Há mais de seis anos comecei a aprender como blogar conteúdo cristão. Ainda estou aprendendo, mas nunca me esqueço de compartilhar minhas experiências. Gosto de transmitir meus conhecimentos através de figuras, por isso printei algumas fotos na sequência, para que você possa clicar nelas e dar seus primeiros passos. Crie um blog para a glória de Cristo. Crie um blog para publicar suas experiências, reportagens, fotos, testemunhos, conhecimentos específicos, enfim: contribua com algo  útil para alguém. Tenho muitas outras dicas também em www.cursodb.blogspot.com e em www.comoblogar.blogspot.com

Bom proveito!


PRIMEIRO PASSO
.
Eu gosto de trabalhar com a plataforma  Bloger, que é do Google. As duas principais vantagens são: Gratuidade e melhor divulgação de textos, uma vez que é o maior buscador de conteúdo do mundo. Como ponto de partida, crie uma conta de email no Google em: www.gmail.com 


 
g1
g2



SEGUNDO  PASSO


Criar o blog gratuito no Google em: www.blogger.com
use a mesma senha do email para entrar no blog.


g3

g4

g5
g6



TERCEIRO PASSO


Escolher o modelo para configurar seu blog.
Minha sugestão: o último modelo "viagem" é o mais completo.


g7


g8



QUARTO PASSO


Ajustar as larguras em "Designer do Blog" Ajustar larguras

g9


QUINTO PASSO 
(PARA USUÁRIOS AVANÇADOS)




COLOCAR O BANNER/CABEÇALHO DO BLOG

Eu uso dois programas para criar um banner: Paint e Jasc Paint Shop Pró


g10




g11



EIS O RESULTADO


Confira aqui: www.regdei.blogspot.com


g12
Tempo gasto, incluindo a confecção do Banner: 60 minutos


A paz de Cristo

cruzue@gmail.com





.

domingo, 8 de julho de 2012

O Sequestro de Brenda e um apelo à Presidente Dilma

.
Brenda Grabriela e mamãe Geiza
João Batista Cruzué 

O caso de sequestro de crianças por adultos, com a finalidade de sensibilizar as pessoas e conseguir esmolas, tornou-se um assunto na pauta principal da mídia. Principalmente depois do sequestro da menina Brenda Gabriela, durante um culto religioso na Igreja Pentecostal Deus é Amor, no começo de junho/2012.

Felizmente o caso foi solucionado porque houve grande repercussão. Mas na minha opinião, por falta de uma política pública muito simples, centenas de outras Brendas também poderiam  voltar para casa. 

Jorge Antunes Cardoso, o paranaense desempregado e despejado de um porão em Ferraz de Vasconcelos, Zona Leste da Grande São Paulo, não subtraíu Brenda por acaso. Tanto quanto muitas outras crianças que devem estar neste momento no colo de falsos pais pelas cidades brasileiras, Brenda foi subtraída para amolecer o coração das pessoas e facilitar pedidos de esmolas. 

Policiais Militares chegaram  abordar Cardozo na Região do Paraíso em São Paulo, mas ele mentiu e disse que Brenda era sua filha. A PM acreditou e o liberou. Se houvesse uma rotina de uma política pública isso não teria acontecido.


Estou escrevendo este texto para dar uma pequena sugestão às autoridades brasileiras. Principalmente para a Presidente Dilma, que é  avó de um netinho. Se houvesse uma política pública que identificasse adultos que usam crianças para pedir esmolas, por foto e documento de identidade, o caso de Brenda poderia terminado terminado bem antes.


Creio que  muitas outras Brendas estão por aí, sendo exploradas e maltratadas nas calçadas, esquinas e postos de combústíveis de rodovias. Fazem parte de uma triste estatística de crianças anônimas desaparecidas que nunca foram encontradas.

Mas, uma parte delas pode.








Censo IBGE porcentagem de Homens e Mulheres nas Igrejas Evangélicas

.
Por João Batista Cruzué

Com base no IBGE, apresento aos leitores e pesquisadores evangélicos um quadro com a análise horizontal da população das maiores Igrejas evangélicas, por gênero e local de habitação.

Analise
Evangelicos  por gênero e local de  habitação











Traduzindo os números para simplificar o entendimento. Por exemplo: 

1. A Igreja Assembleia de Deus tem uma população masculina de 5.586.520  e feminia de 6.727.891 pessoas. Os homens representam 45,37% e as mulheres, 54,63%, do total de membros da Igreja, que é de 12.314.410 fiéis. 

2. Continuando, 10.366.497 membros das Assembleias de Deus residem nas cidades (84,17%) e 1.947.913, na Zona Rural - 15,82%.

3.  A Igreja com maior número de membros na Zona Rual e a Assembleia de Deus - 15,82, seguida pela Igreja Deus é Amor com 14,46%

4. Simplificando ainda mais as porcentagens, por exemplo no caso da população masculina e feminia das Assembleias de Deus: 45,37% de homens e  54,63% de mulheres. Isto quer dizer que em cada grupo de 100 membros, cerca de 55 são mulheres e 45 são hfimens, aproximadamente.

5. A Igreja que tem maior número de mulheres e a Universal. São 60 mulheres e 40 homens em cada grupo de 100 fiéis.

6. E a Igreja em que a participação das mulheres em relação aos homens tem o menor desnível é a Cristã  no Brasil. São 54 mulheres e 46 homens por 100 membros. 

7. A média entre homens e mulheres em relação ao total de evangélicos ficou perto de: 56  mulheres e 44 homens por grupo de 100.

Nota: Todas análises forma feitas por João Batista Cruzué.

Fonte de Dados: IBGE

 

IBGE - CENSO EVANGÉLICO 2010 POR IGREJAS


.
Por João Batista Cruzué

................Fiz um resumo comparativo da população evangélica por Igrejas entre os censos de 2010 e 2000. Notei que a tabulação dos resultados não incluíram duas grandes denominações: A Igreja Internacional da Graça de Deus e a Igreja Mundial do Poder de Deus.  Parece que nao houve revisão dos antigos papéis de trabalho do IBGE. Isto posto, vamos aos números, resalvando que eles são resultado de amostragem e não de uma contagem física.


igrejas

FONTES:  
1 . IBGE - CENSO RELIGIOSO 2010

2. IBGE - CENSO RELIGIOSO 2000





sábado, 7 de julho de 2012

Blogagem Construtiva

.
João Cruzué


Em outubro de 2007, escrevi um texto com este título: Ética cristã na arte de blogar. Na época o Presbítero Valmir Nascimento gostou e  publicou na UBE -  União de Blogueiros Evangélicos. Havia uma nítida preocupação de ter atitudes responsáveis em um espaço recém-conquistado. Responsabilidade e respeito com nossos primeiros leitores  na publicação de conteúdo na Internet.

Havia um parágrafo assim: 

"Somos cristãos, e por isso temos uma responsabilidade pessoal com o SENHOR. Estamos aqui para fazer a diferença; para somar e não perder tempo com querelas miúdas. Bom seria se os visitantes de nossas páginas sempre encontrassem assuntos CONSTRUTIVOS, alegres, que surpreendessem e cativassem.

E outro, mais ou menos assim:

"Para fazer a diferença temos que nos desafiar uns aos outros, como o propósito de um bom jornalista, sempre em busca da melhor foto, do melhor assunto, de um domínio maior da Língua Portuguesa, de um melhor layout da página. Melhorar sempre. Com isto, dia após dia, vamos conseguir o respeito das pessoas."

Lembro-me bem de uma ocasião em que dois irmãos  começaram   lavar  "roupa suja" nos comentários do blog da UBE, supondo que a internet era uma extensão de suas Igrejas.  Então o irmão Valmir,  administrador da UBE, tomou uma sábia decisão: Pediu para que não fizessem mais aquilo e deletou aqueles comentários.  Este ato  foi decisivo para estabelecer e firmar uma referência cristã de blogagem. Liberdade com respeito; qualidade com ética; conteúdo com responsabilidade.

Em abril 2010 me retirei voluntariamente na UBE. Orei e me senti em paz para fazer uma difícil escolha: perder para ganhar.  O tempo passou e ganhamos todos. O único que perdeu foi o diabo. No mês de agosto a UBE vai fazer 05 anos. Associações vieram e não sobreviveram. 

Quando a UBE abriu uma comunidade de relacionamento social no portal NING foi muito criticada por alguns colaboradores de  uma Associação de Blogueiros mais antiga - a Blogosfera Cristã. Estávamos no caminho certo.  É bem verdade que muitos blogueiros começaram e desistiram, mas o selo dos três peixinhos fez história. 

Nosso ativismo em  levar cada vez mais líderes evangélicos  para criar e editar blogs cristãos, para publicação de conteúdo cristão na WEB, também nunca foi muito entendido. A crítica batia sempre em um ponto: Estávamos estimulando um "bando" de copiadores de textos dos outros. Gente sem criatividade e sem talento, que começariam seus blogs e morreriam na praia.  Também é verdade que há mais copiadores que escritores, mas isto para mim é um pocuo de baixa autoestima. Nem todos serão grandes escritores, mas deste meio, desta oficina de treinamento com textos, tem brotado novos escritores sim. Eles não nascem grandes, mas poderão ser grandes. Também estávamos certos.

Estilo de blogagem. Lembro-me de um conselho de um blogueiro amigo. Dizia ele: Um blog só vai bombar se  postar  fofoca evangélica. Outro conhecido nosso, que nunca mais vi textos na  Internet, ficou animadíssimo com a perspectiva de seguir a linha apologética porque outros estavam bombando. Daquela apologética farisaica que vive procurando carniça no ministério de pastores  mais evidentes para descer um  porrete recorrente na internet. Dá mesmo muito ibope descer a língua nos outros. Mas é dessa água que uma pessoa que tem sede de Deus vai beber? Eu duvido.  Fundamentalismo radical foge ao Espírito de um cristão. Em uma palavra: se houvesse blogs e internet nos dias de Jesus, o blog dos fariseus bombaria. Muito legalismo e pouco Espírito


O tempo é um bom  juiz de nossas escolhas e atitudes. 

Estes dias eu tive mais uma vez a honra de almoçar no Centro de São Paulo com o Pastor Itamar Fernandes de Jesus, missionário da Assembleia de Deus baiana; de Feira de Santana. Há 15 anos em Moçambique à frente  da Missão África Pieia.   O pastor, embora discreto, chamou  atenção de meu colega de trabalho, que não é crente. Ele me disse: João, quanto você vai dar? Eu vou contribuir com o mesmo valor.  Fomos juntos no banco no dia seguinte e fizemos dois depósitos. 

No outro dia, nós dois recebemos o Pastor Itamar e seu companheiro de missões para  um almoço no Primeiro Mundo da Quintino Bocaiúva - a melhor, e mais barata comida de São Paulo. O que atraiu meu colega para contribuir com um missionário que ele viu  uma vez na vida? Simplicidade, autenticidade,  bom testemunho e 15 anos com a família em Moçambique. Uma referência.

Jesus é nossa maior referência. 

É inconcebível que ainda haja blogueiros que usem espaço e tempo na Internet para trabalhar só com a picareta e esquecendo a pá. Jesus pregava o Evangelho do Reino. Um Evangelho  construtivo. Palavras como arrependimento, perdão com misericórdia, levanta e anda; vai e não peques ; desça depressa Zaqueu, que hoje me convém  pousar em sua casa. Jesus não atirava pedra em mulher adúltera nem zombava de publicanos em cima de árvores. Antes de falar Jesus pesava as palavras e o coração das pessoas. O verdadeiro  Evangelho é construtivo.


Uma Blogagem construtiva só pode ser feita por um discípulo verdadeiro de Cristo. Este discípulo tem o Espírito do Cristo. Posso encurtar o texto indo direto ao ponto. Quando Deus exaltava as qualidades de Jó. O diabo invejoso só apontava falsos defeitos. Não estou dizendo que toda crítica é do diabo, mas sim que fazer da crítica uma ferramenta  de difamação, sem levar em conta  qualquer virtude,  é muito provável que seja inveja enrustida de  procedência maligna. Baixa estima.


Bloguar com ética, com consciência, com respeito pelo próximo. Escrever aquela aquela palavra que provoque um sentimento nobre no coração do leitor que justamente está procurando por ela. As coincidências cristãs. Blogar para que as pessoas adquiram conhecimento e produza interesse em se aproximar de  Deus. Isto é blogagem construtiva.

 Afiar a forma de escrever. Criar textos inéditos. Invistir em projetos de publicação. Não ficar isolado. Blogar em grupos. Planejar os posts. Manter uma disciplina de pelo menos um texto por semana. A internet precisa formadores cristãos de opinião. Blogs cristãos podem trazer fidelização de leitores cansandos de baboseiras seculares.  Não abandonar os antigos amigos. Comentar no blog dos amigos. Animar os amigos. Trazer de volta a antiga coesão nos projetos comuntários de associação de blogs.  O isolamento pode matar o desejo dos amigos em continuar blogando.  Por fim aquele versículo maravilhoso: A alegria do Senhor é a nossa força.


 Isto é blogagem construtiva.














domingo, 1 de julho de 2012

Tese de Blogueiro Cristão influi na mudança da política de juros do BC

.
João Batista Cruzué

Eu estava ouvindo o programa "Fala Malafaia" de domingo, 01/07/2012, ao meio-dia na Band Tv, quando o Pastor Marcelo Crivella disse algo que me deixou muito admirado, sobre um moço que congrega em uma Igreja Assembleia de Deus do subúrbio do Rio.

Pastor Crivella, hoje Ministro da Pesca, deu este  testemunho  dentro de um contexto de evangélicos participando como cidadãos nos vários seguimentos da sociedade brasileira. E no meio deste assunto ele disse sobre um moço evangélico, filho de um senhor porteiro de prédio.

Ele  estudou, se formou , e  que  ganhou  o 3º lugar no  XII Prêmio Tesouro Nacional-2007, com sua tese de doutourado em Economia, sobre ajuste fiscal da dívida pública, com a monografia "A Importância da Credibilidade para o Equilíbrio Fiscal: uma avaliação para o caso brasileiro", em parceria com  Helder Ferreira Mendonça.

Pastor Crivella disse, com todas as letras, que a tese do Dr. Rubens Teixeira da Silva teve influência decisiva na mudança da nova política de juros do Banco Central implantada pelo governo da Presidente Dilma.

Dr. Rubens Teixeira da Silva
Este moço é o Pr. Rubens Teixeira da Silva. Ele juntamente com o irmão Paulo Teixeira publicam o Blog holofote.net.


Rubens Teixeira da Silva foi o primeiro ganhador do Prêmio Blogueiro Cristao - Edição 2007. concedido pela Associação de Blogueiros Cristãos e pelo Blog Olhar Cristão.


Enquanto tantos blogueiros seguem uma linha de blogagem exclusivamete crítica, eu continuo admirando a blogagem construtiva. Pastor Rubens Teixeira da Silva é gente que enriquece a blogosfera cristã, tratando de coisas grandes. 


Parabéns irmão Rubens.